Este ano eu completo 30 invernos (não são primaveras, pois nasci em julho). Os que já passaram por essa fase sabem que ela vem recheada de mudanças, tanto físicas (já me chamam de Tia ou Senhora na rua!!!), como comportamentais, e com isso vêm os questionamentos.

Após a miscelânea de emoções vividas nos últimos anos, resolvi tirar um tempo para mim. Quero vivenciar situações imprevistas e redescobrir a Flávia, que por vezes vinha se escorando em personagens circunstanciais.

Obtive a aprovação do meu pedido de licença sem vencimentos do trabalho, por um período de um ano. Só faltava isso para começar o meu planejamento de transformar minhas economias em passagens, albergues, museus, paisagens, espiritualidade, comidas, encontros e desencontros.

Dois mil e oito para mim vai ser o ano da cigarra! – Isso não é horóscopo Chinês, Maia ou Checheno; é o resgate da Fábula de La Fontaine (mais conhecida como Fábula da cigarra e da formiga), mas com uma inversão de sua moral: sim, paremos para cantar e apreciar a primavera, e desfrutemos o ócio!!!!!

13 de janeiro de 2009

Em construção...

Queridos,

Sei que estou sumida do blog, mas é que tenho passado por uma experiência muito intensa aqui em Rishikesh, onde não há muito espaço para esse mundo virtual. Estamos em plena atividade em um Asham, com a presença de um guru espiritual maravilhoso. Iríamos ficar apenas uma semana por aqui e resolvemos permanecer, pelo menos, um mês. Tem sido uma profunda viagem interior, de autoconhecimento. Sri Prem Baba é um ser de luz que está ensinando muito a nós, o que tem acarretado profundas mudanças internas. Entre elas, minha abertura para a espiritualidade, um lado sempre reprimido por minha mente racional e meu ceticismo. Hoje consigo ver que ciência e espiritualidade não são mutuamente excludentes. Aqui encontrei o amor em muitas formas de expressão. Estou feliz e, predominantemente, em paz, pois estar sendo constantemente desafiada a ressignificar as coisas mundanas e a mim mesma ainda gera alguma intranquilidade.
Volto a escrever quando der.

beijos a todos,
Namastê!

7 comentários:

gevis disse...

Para nós, nada de estranho nesse caminho,que descreve .Pois se é a Felicidade que buscamos !Com muita Paz,sede felizes .Beijos .

Anônimo disse...

Muita Paz!
É com alegria que observo o redirecionamento de seus passos para o Caminho...
Todas as experiências são importantes nessa vida,porém, o mergulho no ocenao infinito de nossas possibilidades é,sem dúvida, o mais gratificante...
Continuem nessa Busca incessante de nós mesmos...Descortinem quem realmente são por baixo dessas várias máscaras que construímos ao palmilhar por esse Planeta Azul...
Unam-se a Grande Fraternidade Branca para a implantação do Amor e da Sabedoria em Gaia...
Muita Paz!

O Peregrino

deaconti disse...

Fafá,
Quando conversamos outro dia, senti a felicidade e a tranquilidade em sua voz. Aliás, nunca antes tinha te percebido tão leve, tão bem... Que bom, filha, que bom!

Cacá,
Hoje está fazendo quatro anos que você renasceu nas águas do mar, tal qual uma Vênus. Obrigada, filha, por ter resistido.

Amo vocês e aposto nesse CAMINHO.
Namastê!

deaconti disse...

Não são filmes realizados pelas minhas Marias, mas dão bem a noção do lugar onde elas estão.

http://www.wat.tv/video/rishikesh-zlrx_p6e0_.html

http://www.youtube.com/watch?v=TFQ25_7EkzM&hl=pt-BR

http://br.youtube.com/watch?v=TXUrio86L2A

Leo disse...

Oi, Cigarra! Triste por não te encontrar por aqui, feliz porque estou sabendo de sua felicidade. Quase um ano sem te ver. Digo, pessoalmente. Mas quando nos reencontrarmos sei que será a mesma Flávia maravilhosa de sempre, ainda que um pouco diferente - melhor, provavelmente.Que o seu espírito se ilumine de muita luz, para que sua caminhada apresente infinitas possibilidades.Um grande e forte abraço.

Sonia disse...

Agora entendo a beleza e a luz que via em você dias atrás. Renasça!
Continue no caminho ele te descortinará maravilhas!!!
Te amo
Soninha

Marília disse...

Puxa vida, menina, cadê você?! Sumiu!
beijão.